we are “a” family

Está tudo dito no post do Tiago Ramalho. Achei curiosas as bandeiras negras e as saudações de braço esticado, assim como uma revisitação ao passado, uma viagem temporal elucidativa de quem são as pessoas que acham democrático votar a liberdade dos outros. Eu por mim também voto, por exemplo, a concordata e toda a descrição de casamento no Código Civil.

video cortesia do terrorista

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: